quinta-feira, dezembro 03, 2009

Macau e Timor têm condições para se manterem independentes

O presidente da Fundação Oriente, Carlos Monjardino, perspectiva um bom futuro para Macau e Timor-Leste, afirmando que o território e o país têm as condições necessárias para continuarem a ser independentes.

"Macau tem os meios para continuar a ter alguma independência dentro da China: tem riqueza própria, gera riqueza e pode manter-se relativamente independente dentro do seu estatuto", disse.
Monjardino falava à margem do seminário internacional "Dez Anos Depois: Timor e Macau", que decorreu hoje no Museu do Oriente, em Lisboa.

1 comentário:

vitório rosário cardoso disse...

concordo plenamente pela independência de macau e timor